ISM apresenta a mostra virtual “Retinas da fronteira trinacional”, de comunidade fronteiriça da UNILA

12 ago

ISM apresenta a mostra virtual “Retinas da fronteira trinacional”, de comunidade fronteiriça da UNILA

[ipano id=”1″]

Mostra Virtual (alguns aparelhos poderão não exibir o plugin corretamente)

No marco do Dia Internacional da Juventude, neste dia 12 de agosto, o Instituto Social do MERCOSUL apresenta a mostra “Retinas da fronteira trinacional”, com fotografias de estudantes, docentes e funcionários da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), de Foz do Iguaçu, Brasil. A mostra havia sido apresentada de modo físico durante o Seminário Internacional “Estatuto da Cidadania do MERCOSUL”, em agosto de 2019. As imagens retratam pessoas, tradições, histórias e as margens da região Trinacional, geradas pelo tempo e modificadas pela população.

Refletem a perspectiva de jovens da comunidade acadêmica sobre a região fronteiriça. A curadoria da mostra é da profissional de relações públicas da Pró-Reitoria de Extensão da UNILA, Michele Dacas, com o apoio do ISM.

Da mostra participam Elson Andre de Lima, Francieli Rebelatto, Paulo Silva, Luiz Bernardo de Souza Júnior, Paloma Martins, Raquel Maia Arvelos e Rynnard Milton Alves Dias.

Com esta exposição, o Instituto Social do MERCOSUL procura aproximar-se ainda mais do tema “juventude” e suas especificidades na região de fronteira. Presente no Plano Estratégico de Ação Social do MERCOSUL (PEAS), o tema vem sendo analisado no projeto “Juventudes e Fronteiras no MERCOSUL”, com o Fundo de População das Nações Unidas. Os primeiros resultados serão apresentados na próxima terça-feira, dia 18 de agosto. Para participar, inscreva-se em http://www.ismercosur.org/event/juventudes/ .

Sobre a mostra

Através da sequência de imagens você poderá visitar, através do fluxo de olhares de estudantes, professores e funcionários da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), cidades que, apesar de serem vizinhas, são únicas e refletem singularidades culturais de seus povos, assim como se misturam, por meio de texturas, línguas, formas e costumes, a partir do encontro com o outro. “Retinas da Fronteira Trinacional” é um guia para os lugares e fronteiras da fronteira entre Ciudad del Este, Puerto Iguazú e Foz do Iguaçu. Foi construída a partir de uma perspectiva intercultural, desde outras distâncias, que também se cruzam na UNILA.