Curso sobre Planejamento e Territorialização da Agenda 2030 terá início na segunda-feira 20

17 jul

Curso sobre Planejamento e Territorialização da Agenda 2030 terá início na segunda-feira 20

Na segunda-feira 20, terá início o curso “Planejamento e Territorialização da Agenda 2030”, a segunda proposta da Escola de Governo do Instituto Social do MERCOSUL. Este curso é oferecido pelo Instituto Social do MERCOSUL, pelo Instituto Latino-Americano de Planejamento Econômico e Social (ILPES) da CEPAL e pela Comissão ODS do Paraguai. Participantes de 10 países da América do Sul e da América Central foram selecionados para este curso. São participantes vivendo na Argentina, 23 no Paraguai, 18 no Uruguai, 14 no Brasil, 5 no México, além de 3 na Bolívia e Chile, 1 no Equador, Peru e Colômbia. Além destes, são quatro tutores da Argentina, Colômbia e Paraguai.

A aula inaugural será ministrada pela diretora do ILPES/CEPAL, Cielo Morales. Morales é advogada (Universidade do Panamá), mestre em Direito Internacional (King’s College London, Inglaterra) e possui estudos na área de Administração e Políticas Públicas (Universidade Adolfo Ibáñez-Chile). Ela foi representante residente adjunta do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento na Bolívia e no Panamá. Na CEPAL, atuou como consultora regional e chefe da unidade de gerenciamento de projetos.

A atividade contará com comentários da secretária executiva do Conselho Nacional de Coordenação de Políticas Sociais (CNCPS) da Argentina, Victoria Tolosa Paz, da coordenadora nacional da Comissão ODS Paraguai, embaixadora Estefanía Laterza e do diretor executivo do Instituto Social do MERCOSUL, Juan Miguel González Bibolini.

A atividade é aberta a todos e será virtual e gratuita, com início às 10h30 (horário do Paraguai / 11h30 de Brasília). Para participar, inscreva-se em http://www.ismercosur.org/event/curso-agenda2030/.


Sobre o curso

Este curso busca formar profissionais com visão sistêmica do território, capazes de promover processos de planejamento participativo e instâncias de cooperação, além de liderar a articulação entre os diferentes atores do território no MERCOSUL.

Os professores do curso são Alicia Williner, Nahuel Oddone e Tatiana Pizzi, contando também com a colaboração de professores convidados: Sebastián Chinestra, coordenador de Assuntos Federais do CNCPS da Argentina; Luciana Miguel, técnica do CNCPS da Argentina; Julio Saguir, secretário de Administração Pública e Planejamento do Governo da Província de Tucumán, na Argentina; e Carolina Ferreira Oliveira, assessora principal da Agência Uruguaia de Cooperação Internacional do Uruguai.