Bienvenidos/as al Portal del Instituto Social del Mercosur

Na última sexta-feira, dia 16, foi assinado o contrato entre o Instituto Social do MERCOSUL e a economista uruguaia Alma Espino. O contrato prevê que Espino conduza estudo, nos próximos meses, sobre o futuro do trabalho no Uruguai, considerando a perspectiva regional e o MERCOSUL. A assinatura foi realizada em Montevidéu, no marco da Semana Sociolaboral do MERCOSUL, organizada pela Presidência Pro Tempore. O estudo deve ser concluído no primeiro semestre de 2019 e será acompanhado pelo Ministério de Trabalho e Seguridade Social (MTSS) do Uruguai.

Financiado no marco do Projeto de Fortalecimento Institucional junto ao Fundo de Convergência Estrutural do MERCOSUL (FOCEM), a proposta de estudo partiu de representantes do âmbito laboral do MERCOSUL no início do ano. Foi aprovada posteriormente pelo Conselho do Instituto Social do MERCOSUL, que lançou convocatória internacional em setembro para devida contratação.

A consultoria deve proporcionar um marco conceitual e metodológico que permita analisar e sistematizar os principais fatores que operam sobre a transformação do mundo do trabalho, como mudanças demográficas, globalização comercial e produtiva, mudanças tecnológicas, entre outros. Deve conter a relação entre o trabalho decente e as normativas que garantam direitos e proteção social, no marco da emergência de novas formas de trabalho. Também, a necessária governança, tanto no âmbito nacional como internacional, e os desafios estabelecidos ao MERCOSUL e aos Estados Parte.

O estudo deverá conter também uma síntese sobre a temática do futuro do trabalho e as visões nacionais no MERCOSUL. Deverá ser conduzido a partir de revisão bibliográfica e documental, e consultas a atores governamentais, sociais e econômicos relevantes ao campo.

Este primeiro estudo será sobre o Uruguai, mas se prevê que a proposta seja ampliada a outros países do bloco. Os resultados devem servir de aporte ao Uruguai durante a Conferência Internacional da Organização Internacional do Trabalho (OIT), em 2019.

Sobre a consultora

A uruguaia Alma Espino é bacharel em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM). Atualmente é professora da Faculdade de Ciências Econômicas e Administração da Universidade da República Oriental do Uruguai (UDELAR) e coordenadora da área de Gênero e Desenvolvimento do Centro Interdisciplinario de Estudios sobre el Desarrollo (CIEDUR), do Uruguai. Já trabalhou como consultora de diversos organismos internacionais, como OIT, PNUD, BID, Banco Mundial e CEPAL, além de ministérios.





Copyrights © 2018 - Instituto Social del MERCOSUR - Av. Santa Teresa, 2763 c/ Denis Roa - Tel. +595 21 614909 - Asunción, Paraguay